Colunas de granito (Séc. XVII)




Segundo Túlio Espanca, "Nos derradeiros meses de 1967, a Administração do Banco Nacional Ultramarino ofereceu à Câmara um núcleo de quatro colunas de granito da ordem toscana, com os respectivos capitéis e bases que se haviam encontrado no pátio do mesmo estabelecimento bancário, situado na Praça do Sertório e que estava passando por vultuosas obras de transformação." Estas colunas (6) encontravam-se depositadas na mata do Jardim Público "parecem ser do séc. XVII e têm de altura máxima, não incluindo as bases, 2,40 m."

Foram instaladas no pátio do Grupo Pro-Évora em Fevereiro de 2011 no âmbito de um protocolo entre a Câmara Municipal de Évora e o Grupo Pro-Évora.

 

 

1919-2011

image

"Em 16 de Novembro de 1919 foi formalmente fundado o Grupo Pro-Évora. Até hoje, somam-se mais de noventa anos de actividade em defesa do património e de valores culturais da cidade de Évora." A Direcção

 



© 2011 - Grupo Pro-Évora - Todos os direitos reservados | Powered by